Liberfly | Extravio de bagagem: o que fazer e como se prevenir

Extravio de bagagem: o que fazer e como se prevenir

Extravio de bagagem: o que fazer e como se prevenir

O extravio de bagagem pode acabar com todo o preparo realizado antes da viagem. Quando você vai viajar, começa a planejar tudo com antecedência: organiza a logística, os pontos turísticos que mais impressionam, a ordem de visita, as roupas e acessórios que serão utilizados na viagem. Moradores de cidades tropicais sentem muito mais o frio quando vão a lugares com temperaturas mais baixas. Então, imagine chegar num país com clima totalmente diferente do seu e, na hora de pegar suas bagagens, descobrir que elas foram parar em outro lugar?

O espanto na hora é inevitável. Por que logo com você aconteceu um erro como esse? Todo o planejamento e cuidado que você teve vai por água abaixo. Toda a programação da viagem fica em cheque e o tempo no local diminui para resolver este problema.

Não deixe que o estresse momentâneo estrague o resto da viagem. O importante é saber quais medidas tomar nesses casos. Mas você sabe quais medidas evitam que sua mala seja extraviada? Existem precauções interessantes que fazem muita diferença na hora do embarque. Porém, tomar ou não a iniciativa não exime a responsabilidade da companhia aérea de oferecer apoio. Você sabe como a empresa pode te compensar? Não? Então está na hora de aprender como funciona o extravio e quais ações tomar caso ele aconteça!

 

FAÇA SUA RECLAMAÇÃO!

 

Veja nosso artigo sobre extravio de bagagem no LinkedIn!

 

Como evitar o extravio de bagagem?

Existem algumas dicas para evitar o extravio de bagagem ou, pelo menos, dificultar que isso aconteça:

 

-Retire adesivos de voos antigos

Os adesivos podem confundir na identificação do voo e sua mala parar em outra aeronave.

 

-Não faça o check-in com menos de 1 hora de antecedência

Fazer o check-in em cima da hora pode dar ruim! Chegue no aeroporto com um pouquinho mais de 1 hora antes do embarque, faça os procedimentos com calma e garanta que está tudo em ordem antes de entrar no avião.

 

-Identifique sua mala com nome, endereço e e-mail

As malas estão cada vez mais simples e parecidas. Por isso, é fundamental que a sua se diferencie. Independente de caracterizá-la ou não, é recomendável que você identifique sua mala para evitar que alguém a pegue por engano na esteira.

 

-Diferencie sua bagagem com adesivos, fitas ou lenços

Mesmo que sua mala tenha identificação, ela pode não ser tão visível para uma pessoa distraída na fila da esteira. Caracterize sua bagagem com adesivos, fitas, lenços ou qualquer adereço que a diferencie da maioria. Pode ser que não fique bonita esteticamente, mas afinal, estamos interessados com seus pertences ou com a moda das malas?

 

-Evite levar objetos com valor acima de R$ 1131,00 dentro da mala

É aconselhável levar joias e eletroeletrônicos na bagagem de mão. Se não houver outra forma, faça uma declaração especial no momento do check-in com a transportadora. A companhia aérea pode cobrar um adicional de acordo com o valor declarado. Isso te protege, caso sua mala seja extraviada ou tenha algum dano, e aumenta sua indenização.

 

FAÇA SUA RECLAMAÇÃO!

 

Esteja preparado se rolar o extravio!

Mesmo assim, o extravio pode rolar e é mais comum do que se imagina. É um dos maiores medos dos viajantes e isso causa danos irreparáveis na viagem. Por isso, leve sempre na sua mala de mão itens básicos, como uma muda de roupas e acessórios de higiene pessoal.

Tire fotos da sua bagagem antes de despachar e evite colocar bens caros dentro dela. Contudo, se não houver outra forma de transportá-los, declare no momento do check-in. Esses cuidados servirão como provas caso haja um eventual extravio.

Torcemos para que você não precise de todas essas provas e sua viagem siga seu curso normal e esperado!

 

Dados

Segundo a matéria do blog Todos a Bordo, a Sita, empresa especializada em tecnologia de aeroportos, 47% dos extravios ocorrem quando o destino exige conexão (cerca de 10 milhões de bagagens!).

Só em 2017, o prejuízo das empresas por conta deste tipo de erro foi de R$ 8 bilhões! São cerca de 5 malas extraviadas para cada 1.000 passageiros. Com o número crescente de usuários de transportes aéreos, a quantidade de problemas com bagagens também sobe, mesmo que a porcentual se mantenha ou desça.

Apesar do alto número de malas que se perdem no caminho, apenas 5% delas se perdem para sempre. Em 78% dos casos, as malas voltam para os seus donos com algum atraso.

 

O que fazer nesses casos?

Você deve fazer uma reclamação escrita (RIB) no guichê da companhia aérea em até 7 dias após o embarque/desembarque. Conforme as leis da Anac, sua bagagem tem que chegar em até 21 dias (em casos de voos internacionais) ou 30 dias (nos casos voos nacionais).

 

Extravio de bagagem: Indenização

Caso sua mala realmente tenha sido extraviada, comunique o problema no guiché da companhia aérea no aeroporto. A devolução da mala acontece em até 21 dias, para voos internacionais, ou 30 dias, no caso de voos domésticos, no endereço indicado pelo passageiro. Isso não tira o compromisso da companhia aérea de ressarcir seu cliente, mesmo que cumpra as regras da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) com problemas dessa natureza.

Sua indenização será mais alta caso sua bagagem tenha sido extraviada na ida. Se a companhia tiver um atraso de entrega superior a 72 horas desde seu desembarque, a empresa deve arcar com suas despesas com itens básicos. O valor é superior a R$ 350 em viagens nacionais e, nos casos de voos para o exterior, o preço chega a R$ 5.300. Então, guarde todos os comprovantes de gastos. Eles serão exigidos posteriormente.

A compensação financeira em casos de extravio definitivo ou temporário variam conforme o caso. Os valores, somados com danos materiais e morais, vão de R$ 1.500 a R$ 25.000.

 

Nós podemos te ajudar!

Infelizmente, só está livre do extravio quem não viaja de avião. Porém, independente das medidas de identificação da mala ou antecedência do check-in, erros acontecem. Sabemos que é complicado chegar num lugar diferente e lidar com o estresse de fazer reclamações e B.O. Não deixe que isso estrague sua viagem! Deixe seus problemas no aeroporto com a LiberFly  e vá respirar novos ares. Assim, a burocracia fica conosco e você fica com a diversão!

 

FAÇA SUA RECLAMAÇÃO!